Viagens

Como tirar o passaporte? Veja nosso guia com 6 passos rápidos

duas mãos segurando passaporte em frente a um monumento antigo
Publicado em
10/11/2023
● Editado em
14/11/2023

Uma dúvida muito comum para quem está interessado em fazer a primeira viagem internacional é como tirar o passaporte. Isso porque valores, questões burocráticas e prazos podem causar certa confusão na hora de tirar do papel os planos de férias em outro país.

Para ajudar, a Nomad preparou um conteúdo exclusivo sobre o tema, esclarecendo as principais dúvidas e montando um passo a passo para você realizar a viagem dos sonhos sem complicações. Confira a seguir.

Onde tirar passaporte?

O órgão responsável pela emissão do passaporte é a Polícia Federal, que tem postos espalhados pelas principais cidades do país. O serviço é agendado, mas, antes de comparecer à seção, o solicitante deve preencher um formulário online e pagar a taxa por meio da Guia de Recolhimento de Receitas da União (GRU).

Como tirar o passaporte?  Um passo a passo simples e prático

Quando se fala em emitir documentação, a primeira coisa que nos vem à cabeça é a burocracia. Mas, algumas vezes, esse processo é relativamente simples, como o de tirar o passaporte, por exemplo. Como mencionado, boa parte do processo pode ser feita pela internet, o que otimiza o tempo. 

São poucas etapas e, dentro de algumas semanas, você já tem o seu passaporte em mãos. Então, confira o passo a passo para tirar passaporte que preparamos a seguir: 

Passo 1: separe os documentos

De acordo com a lista disponibilizada no site da Polícia Federal, os documentos relacionados a seguir devem ser apresentados na hora de solicitar o passaporte:

  • Documento de identificação: identidade, CNH, carteira de trabalho
  • Passaporte anterior ou comprovação de ocorrência: para cancelamento e emissão da novo documento
  • Autorização para menor: menores de 18 anos necessitam de autorização específica
  • Comprovação da emancipação: menores entre 16 e 18 anos que tiveram antecipação da capacidade civil plena podem obter o passaporte sem a autorização dos pais
  • Documentação do indígena não integrado: o indígena não integrado deve ser assistido por um representante tutor com autorização da FUNAI
  • Certificado de naturalização ou portaria: para emissão do primeiro passaporte, o brasileiro naturalizado deve apresentar o documento correspondente
  • Certidão que demonstre alteração de nome: para emissão do primeiro passaporte, todos os nomes adotados até então devem ser demonstrados
  • Comprovação do sexo: informação impressa no passaporte que deve ser comprovada pela Certidão de Nascimento, de Casamento ou documento de identificação em que conste a informação
  • Fotografia 5 x 7 para menor de 5 anos: fotografia recente, com fundo branco, olhos abertos e rosto nítido
  • Certificar-se de sua regularidade eleitoral: brasileiro alfabetizado entre 18 e 70 anos na última eleição deve estar regular como eleitor dos dois turnos
  • Certificar-se de sua regularidade com o serviço militar obrigatório: brasileiro do sexo masculino entre 19 e 45 anos (até 31 de dezembro do ano corrente) deve estar em situação regular
  • Outros documentos: em caso de divergência no cadastro, omissão de informações ou situação que justifique a solicitação

Ao entrar no site da Polícia Federal, você tem acesso à lista dos documentos necessários para a emissão do passaporte. Porém, eles podem variar, uma vez que dependem do perfil do solicitante.

Com a lista de documentos em mãos, certifique-se de estar com todas as vias originais. Não tem como tirar passaporte com cópias dos documentos, mesmo que estejam autenticadas.

A documentação não pode ter rasuras e deve estar atualizada. Caso você tenha perdido algum dos seus documentos, é permitido apresentar um Boletim de Ocorrência que comprove o extravio.

Passo 2: preencha o formulário

Após a apresentação dos documentos levados na etapa presencial, é preciso preencher um formulário com informações básicas, como: 

  • dados pessoais
  • número dos documentos
  • profissão
  • endereços físicos e eletrônicos para contato

Com a confirmação das informações fornecidas, são disponibilizados dois arquivos PDF: o protocolo de solicitação do passaporte e a guia de pagamento da taxa GRU.

Passo 3: pague a taxa GRU

O valor para tirar o passaporte (taxa GRU), em 2022, é de R$ 257,25. Essa taxa pode ser paga em qualquer banco (inclusive via app ou internet banking) ou casa lotérica. Nesta etapa,, é preciso se atentar à data de vencimento do boleto e também à compensação do pagamento. 

O agendamento para as etapas presenciais da emissão do passaporte só é liberado após a compensação desse valor. 

Para emissão emergencial do passaporte, será adicionado o valor de R$ 77,17 (gerado durante o atendimento), totalizando R$ 334,42.

Em caso de o passaporte anterior válido ter sido extraviado ou perdido, a taxa (gerada durante o atendimento) é duplicada, totalizando R$ 514,50.

Passo 4: agende a ida até um posto da PF

Os próximos passos de como tirar o passaporte devem ser presenciais, pois é quando se assina documentos e se tira a foto do passaporte, além de coletar as digitais e apresentar os documentos mencionados no passo 1. 

Há postos da Polícia Federal em todo o Brasil, portanto, escolha o mais próximo. Isso porque, depois dessa etapa, você precisa voltar a esse posto para retirar seu passaporte e finalizar todo o processo. Há um prazo de até seis dias úteis para a emissão do documento. 

Passo 5: acompanhe a emissão do passaporte 

O acompanhamento da emissão do passaporte pode ser feito na página da Polícia Federal mediante informação do protocolo gerado no atendimento presencial e CPF. O passaporte somente estará disponível para entrega quando no status da pesquisa aparecer a mesma mensagem.

Passo 6: retire o seu passaporte

A entrega  do passaporte é feita apenas ao titular, mediante apresentação de documento de identificação. No caso de menores de idade, os pais ou responsáveis devem acompanhar o titular para retirada.

Observação:  o  passaporte solicitado e não retirado dentro do prazo de 90 (noventa) dias, contados a partir da data do atendimento, são CANCELADOS, como determinado pelo artigo 29 do Decreto 5.978 de 2006, não sendo possível a devolução da taxa paga anteriormente.

Para não esquecer de nada, faça uma pequena lista das etapas e garanta que cada uma seja cumprida antes de avançar para o próximo passo:

  1. Confira seus documentos
  2. Preencha os dados do formulário
  3. Pague a taxa na Guia de Recolhimento da União (GRU)
  4. Agende seu horário no posto autorizado da Polícia Federal
  5. Acompanhe o status da emissão
  6. Retire seu passaporte

O que é preciso para tirar o passaporte pela primeira vez?

Na primeira emissão do passaporte, será preciso apresentar os seguintes documentos: 

  • Documento de identificação – carteira de identidade, carteira de trabalho ou carteira de motorista ou outro documento que comprove local de nascimento (menores de 12 anos podem apresentar certidão de nascimento como documento de identificação)
  • CPF
  • Autorização para menores de 18 anos
  • Comprovante de pagamento da GRU
  • Certidão de quitação eleitoral
  • Documento que comprove a quitação com o serviço militar para homens entre 19 e 45 anos

Quanto tempo leva a emissão do passaporte?

Há um prazo entre seis e dez dias úteis para a emissão do passaporte e a liberação de retirada pelo titular do documento.

Qual a validade do passaporte?

Após todo esse processo, a dúvida seguinte é sobre a validade do passaporte. Comumente ouvimos que ele vale por 10 anos, mas isso varia de acordo com a idade do dono do documento: 

  • até 1 ano de idade: válido por um ano
  • até 2 anos de idade: válido por dois anos
  • até 4 anos de idade: válido por quatro anos
  • até 18 anos de idade: válido por cinco anos
  • mais de 18 anos: válido por 10 anos

Quais países não precisam de passaporte para entrar?

Embora ter um passaporte válido seja essencial para quem pensa em viajar pelo mundo, alguns países não exigem o documento de viajantes brasileiros.

Graças aos acordos diplomáticos do Mercosul, a lista é grande:

  • Uruguai
  • Colômbia
  • Chile
  • Bolívia
  • Peru
  • Equador
  • Paraguai
  • Argentina

Embora o passaporte não seja obrigatório, o viajante que queira entrar em algum desses territórios precisa apresentar um documento oficial com foto, como RG ou CNH, válido.

Para quais países os brasileiros podem viajar sem visto?

Aqui vai a lista dos mais de 160 países que não exigem visto, em que o viajante pode entrar usando apenas o passaporte:

Europa

  • Albânia
  • Andorra
  • Áustria
  • Bielorrússia
  • Bélgica
  • Bósnia e Herzegovina
  • Bulgária
  • Croácia
  • Chipre
  • República Tcheca
  • Dinamarca
  • Estônia
  • Ilhas Faroe
  • Finlândia
  • França
  • Geórgia
  • Alemanha
  • Gibraltar
  • Grécia
  • Groenlândia
  • Hungria
  • Islândia
  • Irlanda
  • Itália
  • Kosovo
  • Letônia
  • Liechtenstein
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Moldávia
  • Mônaco
  • Montenegro
  • Holanda
  • Macedônia do Norte
  • Noruega
  • Polônia
  • Portugal
  • Romênia
  • Federação Russa
  • San Marino
  • Sérvia
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Suécia
  • Suíça
  • Turquia
  • Ucrânia
  • Reino Unido
  • Vaticano

Américas

  • Anguila
  • Antígua e Barbuda
  •  Aruba
  • Bahamas
  • Barbados
  • Bonaire; Santo Eustáquio e Saba
  • Belize
  • Bermudas
  • Caribe
  • Costa Rica
  • El Salvador
  • Ilhas Malvinas
  • Guatemala
  • Guiana
  • Honduras
  • Nicarágua
  • Panamá
  •  Venezuela
  • Ilhas Virgens Britânicas
  • Ilhas Cayman
  • Curaçao
  • Dominica
  • República Dominicana
  • Índias Ocidentais Francesas
  • Granada
  • Haiti
  • Jamaica
  • Montserrat
  • São Cristóvão e Nevis
  • Santa Lúcia
  • Maarten
  • São Vicente e Granadinas
  • Trindade e Tobago
  • Ilhas Turcas e Caicos

Ásia

  • Camboja *
  • Hong Kong
  • Indonésia *
  • Cazaquistão
  • Quirguistão *
  • Laos *
  • Macau
  • Malásia
  • Maldivas *
  • Mongólia
  • Nepal *
  • Filipinas
  • Singapura
  • Coreia do Sul **
  • Sri Lanka **
  • Tadjiquistão *
  • Tailândia
  • Timor-Leste *
  • Uzbequistão

Oceania

  •  Ilhas Cook
  • Fiji
  • Polinésia Francesa
  • Ilhas Marshall *
  • Micronésia
  • Nova Caledônia
  • Nova Zelândia**
  • Niue
  • Ilhas Palau*
  • Papua Nova Guiné*
  • Samoa*
  • Ilhas Solomon*
  • Tonga*
  • Tuvalu*
  • Vanuatu

África

  • Botsuana
  • Burkina Faso *
  • Burundi *
  • Ilhas de Cabo Verde *
  • Ilhas Comores *
  • Egito *
  • Eswatini
  • Etiópia *
  • Gabão *
  • Guiné-Bissau *
  • Madagáscar *
  • Malaui *
  • Mauritânia *
  • Mauritius
  • Maiote
  • Marrocos
  • Moçambique *
  • Namíbia
  •  Reunião
  • Ruanda *
  • São Tomé e Príncipe
  • Senegal
  • Seicheles *
  • Serra Leoa *
  • Somália *
  • África do Sul
  • Santa Helena *
  • Tanzânia *
  • Togo *
  • Tunísia
  • Uganda *
  • Zâmbia *
  • Zimbábue *

Oriente médio

  • Armênia
  • Bahrein*
  • Catar
  • Emirados Árabes
  • Irã *
  • Israel
  • Jordânia*
  • Líbano*
  • Omã
  • Palestina

* Países com emissão do visto na chegada do viajante

** Países com exigência da Autorização Eletrônica de Viagem

Passaporte na mão? Hora de planejar a sua viagem internacional!

Agora que você já sabe como tirar passaporte, que tal planejar a sua próxima viagem internacional? Aproveite para ler o nosso checklist completo com o que não pode faltar na sua mala.

Nomad

Sua vida financeira global em um único app

A Nomad é a solução que você precisa para ter uma vida financeira global. Buscamos facilitar a vida daqueles que querem ser globais, sem burocracia, e de qualquer lugar do mundo.

Confira nossas regras e documentos




A Nomad oferece a abertura de conta nos EUA a brasileiros não residentes. A Nomad não é um banco, é uma empresa de tecnologia financeira. Transferências de fundos do Brasil para os Estados Unidos são feitas através do Banco Ourinvest S.A, cuja empresa do grupo empresarial Nomad sediada no Brasil Nomad Tecnologia Ltda, com sede na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Avenida Brigadeiro Faria Lima, n.º 2.012, conjunto 21, Jardim Paulistano, CEP 01.451-919, incrita no CNPJ/ME nº 34.662.852/0001-66, é um correspondente bancário de câmbio, conforme estabelecido na Resolução CMN 4.935, de 29 de Julho de 2021. O Banco Ourinvest S.A (atendimento +55 11 4081-4444 | tel: +55 11 3171-3003 (deficiente auditivo) e Ouvidoria tel: 0800-603-4444 | tel: 0800-775-4000 | ouvidoria@ourinvest.com.br) não é uma empresa associada, coligada ou controlada, seja da Nomad Fintech Inc ou da Nomad Tecnologia Ltda.). O número da Central de Atendimento ao público do Banco Central do Brasil é o 145.

Para fornecer serviços financeiros relacionados ao seu acesso às funções bancárias em nossa plataforma por meio do Evolve Bank & Trust, membro do FDIC., mantemos parceria com a Synapse Financial Technologies Inc, uma empresa de software de serviços financeiros e não um banco. A entrega destes serviços está sujeita à verificação de identidade feita pela Synapse Financial Inc. ou Evolve Bank & Trust.

Além disso, para fornecer serviços financeiros relacionados ao seu acesso às funções bancárias em nossa plataforma por meio do Community Federal Savings Bank, membro do FDIC, a Nomad atua como gerente de programas bancários. A entrega destes serviços está sujeita à verificação de identidade feita pela Nomad e pelo Community Federal Savings Bank.

O cartão de débito Nomad Visa é emitido pelo Community Federal Savings Bank, de acordo com uma licença da Visa USA Inc, enquanto o cartão de débito Nomad Mastercard é emitido pelo Evolve Bank & Trust de acordo com uma licença da Mastercard USA Inc.

A disponibilidade tempestiva de recursos depende da tempestividade das instruções de pagamento feita pelo cliente e podem ser aplicadas restrições relativas à prevenção à fraude. Como tal, a disponibilidade de recursos pode variar de um período de transferência para outro. A cobertura do seguro FDIC é limitada a USD 250.000 por depositante, por categoria de propriedade, por instituição bancária, e os bancos que fornecem tal cobertura são o Evolve Bank & Trust, membro do FDIC e o Community Federal Savings Bank, membro do FDIC. Para obter mais informações sobre a cobertura de seguro FDIC, visite www.FDIC.gov. Os clientes são responsáveis por monitorar seus ativos totais em cada um dos bancos do programa para determinar a extensão da cobertura de seguro FDIC disponível de acordo com as regras FDIC. A Nomad Fintech Inc está sediada nos Estados Unidos, sendo registrada na Securities Exchange Commission (SEC) como Consultor de Investimentos (Investment Adviser), fornecendo seus serviços exclusivamente nos Estados Unidos e relativos a produtos de investimentos dos Estados Unidos.

Sendo assim, com base no Parecer Orientador CVM no. 33/2005, a Nomad Fintech Inc (“Nomad”) mantém contrato com entidade regulada no Brasil, integrante do sistema brasileiro de distribuição de valores mobiliários, devidamente autorizada pelo Banco Central do Brasil (“Bacen”) e pela Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”), Global Investment Services DTVM Ltda., inscrita no CNPJ/ME sob o nº 47.227.569/0001-58 (a “Parceira Brasileira” ou “Global DTVM”), por meio da qual disponibiliza o acesso aos Serviços da Nomad a investidores residentes, domiciliados ou incorporados na República Federativa do Brasil. Os serviços prestados pela Parceira Brasileira não devem ser entendidos como uma oferta de valores mobiliários direcionados a esses investidores. A Nomad fornece seus serviços exclusivamente nos Estados Unidos e sob as regras e regulamentos aplicáveis aos EUA. Tais serviços não foram registrados nem estão sujeitos à supervisão da CVM ou de outro órgão regulador brasileiro. Para fins de suporte, reclamações, dúvidas, etc os clientes residentes ou domiciliados no Brasil que vierem a se tornar clientes da Nomad por intermédio da Parceira Brasileira, podem entrar em contato conosco através dos canais support@nomadglobal.com ou (11) 4200-0204 (Brasil) / +1 (888) 998-2261 (EUA).

Determinados serviços de investimento nos Estados Unidos são fornecidos pela DriveWealth LLC, Membro da FINRA e SIPC. O SIPC protege contas de clientes de até US$ 500.000 (quinhentos mil dólares americanos), incluindo US$ 250.000 (duzentos e cinquenta mil dólares americanos) em solicitações de pagamento em dinheiro. Para saber mais sobre o SIPC, consulte www.sipc.org. O seguro FDIC não cobre os saldos depositados na DriveWealth. Os depósitos em bancos não são cobertos pelo SIPC. Seus investimentos são mantidos em uma conta individual na DriveWealth. Verifique o cadastro desta empresa na ferramenta BrokerCheck, da FINRA. Embora a Nomad avalie cuidadosamente os retornos potenciais com base no comportamento histórico e atual do mercado, não fazemos nenhuma representação quanto à probabilidade de que qualquer alocação real ou proposta irá de fato atingir um determinado resultado ou objetivo de investimento. A performance passada não é garantia de resultado futuro e, de fato, a volatilidade significa que os retornos em qualquer período podem ser muito superiores ou inferiores aos de um período anterior. Alguns clientes podem ter resultados de investimento materialmente diferentes daqueles que podemos indicar por nossas ferramentas de investimento. Os investimentos na Nomad podem perder valor. A Nomad é incapaz de prever flutuações de mercado ou outras incertezas que possam afetar o valor de qualquer investimento. As previsões do modelo são inerentemente limitadas, pois não representam os fatores econômicos ou de mercado que possam ter tido um impacto em nossas recomendações.

Para obter uma orientação útil de investimento, como um indivíduo, você deve considerar cuidadosamente a adequação dos portfólios propostos à luz de suas próprias circunstâncias financeiras pessoais, incluindo necessidades de fluxo de caixa, circunstâncias fiscais, perfil de risco ou outros fatores subjetivos. Recomenda-se que você use todos os recursos disponíveis para se informar sobre investimentos em geral, bem como sobre os investimentos e a composição geral de seu portfólio. Além disso, as condições de mercado e suas circunstâncias financeiras pessoais podem mudar - talvez repentinamente ou gradualmente ao longo do tempo. Monitorar e ajustar essas condições para se adequar às novas circunstâncias é sua responsabilidade, e é recomendável que você reavalie qualquer programa de investimento regularmente para garantir que ele permaneça consistente com seus recursos financeiros atuais e objetivos de investimento. Além disso, orientações de natureza fiscal ou tributária relativas aos investimentos feitos através da Nomad devem ser obtidas pelo próprio cliente, que deve avaliar os possíveis impactos advindos destas questões antes de decidir pelo investimento. Investir em produtos mobiliários envolve risco, incluindo possível perda de principal. Investimentos denominados em uma moeda que não seja a moeda do investidor podem sofrer impactos relacionados a mudanças nas taxas de câmbio, podendo ter um efeito adverso no valor, preço ou receita derivada do investimento.

As marcas registradas, logotipos e marcas de serviço que aparecem nos Serviços, incluindo, entre outros, a marca registrada “Nomad” são marcas registradas e marcas de serviço da Nomad. Outros nomes e logotipos de empresas, produtos e serviços usados ​​e exibidos nos Serviços podem ser marcas comerciais ou marcas de serviço de seus respectivos proprietários que podem ou não apoiar ou ser afiliados ou conectados a nós. Nada nos Serviços deve ser interpretado como concessão, implícita ou não, de qualquer licença ou direito de uso de qualquer marca registrada e marca de serviço exibida nos Serviços, sem nossa permissão prévia por escrito em cada instância. Sobre Privacidade de Dados e Atendimento aos Direitos de Titulares de Dados, por favor leia a nossa Política de Privacidade.

Saiba mais sobre a Nomad Fintech Inc na IAPD da SEC.
Confira todas as informações legais.