Parece impossível imaginar um mundo sem as facilidades do pagamento por cartões de débito e crédito, sejam eles físicos ou digitais. Os cartões facilitam muito a vida financeira do brasileiro, e isso não se restringe ao real. Com o cartão de débito em dólar, fazer compras na moeda americana ficou muito mais prático e econômico. 

Em muitos lugares do mundo, é crucial ter um cartão para fazer as transações. No Brasil, por exemplo, os meios de pagamento eletrônicos movimentam quase a metade do consumo das famílias, segundo dados de 2020 da Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços). 

A realidade nos Estados Unidos e em outros países pelo mundo não é muito diferente – o pagamento eletrônico também é predominante. A tendência global é caminharmos para um estilo de vida cada vez mais cashless, literalmente um mundo “sem dinheiro”, onde os pagamentos são apenas digitais ou via cartões.

Por que cartão de débito em dólar, e não crédito?

Quando se trata de compras no exterior, o cartão de débito em dólar é um meio mais econômico em comparação com o cartão de crédito. Isso porque as taxas cobradas por transações em crédito são muito altas e encarecem muito o valor final.

As compras feitas com cartão de crédito são acrescidas de um IOF de 6,38%, sem contar o spread (taxa de serviço) abusivo dos bancos. Com o cartão de débito em dólar, você arca com um IOF de apenas 1,1% e unicamente no momento da remessa.

Além disso, com o cartão de débito em dólar da Nomad, você paga por um spread de apenas 2%. A efeito de comparação, outros bancos costumam cobrar mais do que o dobro em taxas de serviço.

Você deve ter percebido que quem utiliza o cartão de débito em dólar economiza muito mais nas transações. Com o cartão Nomad, por exemplo, a economia chega a 10% nas suas compras no exterior.

Precisa ser um cartão de débito em dólar físico? 

Para quem é adepto aos pagamentos digitais, saiba que existem opções no mercado de cartão de débito em dólar tanto físico quanto eletrônico. A Nomad oferece as duas versões, você pode escolher o que preferir e for mais conveniente.

O cartão de débito em dólar digital da Nomad pode ser facilmente adicionado a sua carteira digital, seja Apple Pay, Samsung Pay, Google Pay ou Paypal, e você fica livre para comprar em lojas digitais ou físicas.

A vantagem do cartão de débito em dólar físico, no entanto, é que você não depende da internet nas compras no exterior, e ainda faz saques sem taxa nos 55 mil caixas eletrônicos da rede Allpoint nos EUA. 

Os dois, no entanto, têm zero taxas de ativação ou anuidade. Além disso, com ambos você faz compras nos Estados Unidos, Brasil, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Irlanda, Japão, Luxemburgo, Holanda, Portugal, Singapura, Espanha, Suécia, Suíça e Reino Unido.

Quais os benefícios de um cartão de débito em dólar? 

O cartão de débito em dólar possui inúmeras vantagens para o brasileiro que compra e faz transações na moeda americana. Em primeiro lugar, conforme já citamos, ele diminui os custos das operações em dólar graças às taxas reduzidas em relação ao cartão de crédito.

Outro benefício do cartão de débito em dólar é que, com ele, você tem acesso à melhor cotação da moeda americana: o dólar comercial

Quem fica dependente do papel-moeda e das negociações nas casas de câmbio precisa arcar com a cotação do dólar turismo, mais alta que a do comercial, assim como todas as taxas abusivas do processo. 

Ou seja, quem aposta no cartão de débito em dólar tem mais praticidade e economia nas transações financeiras. Sem contar a segurança de não ter que carregar grandes quantias de papel-moeda. Ou seja, você já pode aposentar a doleira nas suas viagens aos Estados Unidos. 

O que mais posso fazer com o cartão? 

Ter um cartão de débito em dólar significa ter uma conta corrente americana ativa. E, com ela, você tem acesso a diversos outros benefícios da vida em dólar. 

A conta corrente americana possibilita remessas, compras, transferências e até investimentos em dólar com taxas reduzidas e prazos mais curtos para as transações. 

Em relação às remessas, o câmbio na conta Nomad é atualizado em tempo real com cotação do dólar comercial, além daquelas taxas reduzidas que já citamos aqui: IOF de 1,1% e spread de 2%.

Já os investimentos em dólar são outra grande vantagem. A conta corrente americana coloca os fundos e bolsas dos EUA ao alcance dos brasileiros, garantindo a diversificação da carteira e uma boa rentabilidade. 

Além disso, com a conta Nomad, você consegue investir em carteiras compostas por ETF, ações e outros ativos internacionais cuidadosamente selecionados.

Mas, acima de tudo, a conta corrente americana oferece mais estabilidade ao brasileiro. Guardar dinheiro em dólar em uma conta global é uma excelente forma de proteger o seu patrimônio. Isso porque a moeda americana não sofre tanto com desvalorização como o real e você pode ter ganhos significativos a longo prazo.

Como solicitar o meu cartão de débito em dólar? 

Para solicitar o seu cartão de débito em dólar físico da Nomad, basta acessar o app, ir na aba “Cartões” e clicar na opção “Cartão Físico”. Após isso, você deverá informar o endereço em que deseja receber seu cartão, no Brasil ou nos EUA. O cartão será enviado para o endereço que informar e, quando estiver com ele em mãos, você conseguirá ativá-lo diretamente no app.

Em relação ao cartão digital da Nomad, ele é disponibilizado automaticamente após concluir o processo de abertura de sua conta corrente no app. Para ativar seu cartão, é preciso que tenha saldo em sua conta, independente do valor. Você poderá acessar os dados de seu cartão na seção “Conta” do app, clicando em “Cartão”. 

Com o cartão de débito em dólar da Nomad, seja ele físico ou digital, você tem mais flexibilidade e economia nas suas compras e pagamentos em dólar. Leve toda essa praticidade e segurança com você, seja no bolso ou no celular.

Se esse conteúdo foi útil para você, não deixe de ler também:

Be Nomad. Be global.

Leave a Reply

1 × 1 =