Considerado o “investimento da década”, o mercado global de Cannabis vem crescendo vertiginosamente nos últimos anos. Em 2018, já somava US$ 12 bilhões, mas a previsão é de US$ 103,9 bilhões para 2024, segundo o relatório The Global Cannabis Report. Os números só provam que estamos no melhor momento para investir em Cannabis.

De enorme potencial terapêutico, medicinal e recreativo, a erva vem ganhando defensores, adeptos e investidores na medida em que países autorizam o seu uso e comercialização. 

Legalização da Cannabis pelo mundo

Hoje, cerca de 40 nações já deram sinal verde para o uso terapêutico da substância – especialmente os Estados Unidos, que representam 90% do mercado consumidor global. No país norte-americano, apenas dois estados proíbem completamente o uso de Cannabis: Idaho e Nebraska.

A onda de legalização da Cannabis, portanto, parece ser irreversível, assim como o crescimento desse mercado repleto de possibilidades. A novidade é que os brasileiros também já podem investir em Cannabis.

Com a carteira temática de Cannabis da Nomad, você tem acesso facilitado aos ETFs e ações de empresas globais ligadas ao mercado. Tudo isso regulado por uma gestão ativa, que minimiza a volatilidade dos investimentos de forma a maximizar os retornos e reduzir riscos. 

Mercado da Cannabis em expansão

Apesar de ser um setor relativamente novo, com regulações governamentais recentes, a indústria da Cannabis possui fortes players no setor internacional. As empresas que fazem parte do portfólio da Nomad comprovam esse cenário. 

A High Tide Inc, incorporadora canadense que possui marcas de produção, distribuição e e-commerce de Cannabis, operando tanto no Canadá quanto nos EUA e Europa, já dobrou o dinheiro de seus investidores este ano. 

Já a Innovative Industrial Properties, empresa imobiliária americana que compra ativos industriais ligados ao mercado de Cannabis e os aluga para produtores, já acumulou uma rentabilidade de 31,97% em 2021, sendo 1.169,65% nos últimos 5 anos.

A expectativa de crescimento do segmento é tanta que ganhou até um nome: green rush, em alusão ao gold rush, ou “corrida do ouro”, que marcou o Oeste dos Estados Unidos no século 19.

O boom da Cannabis na pandemia

Quem começar a investir em Cannabis agora vai aproveitar o boom de crescimento que a indústria teve na pandemia. Nos Estados Unidos, as vendas em geral aumentaram consistentemente.

Um relatório do banco de investimentos Cowen & Co revelou que a venda de Cannabis subiu 17% entre março e abril na Califórnia, Colorado, Nevada e Washington, estados onde o consumo recreativo é legalizado. 

Em Denver e São Francisco, o salto chegou a 120% nos primeiros dias de isolamento, com o gasto em cada cobra subindo 50%. Com isso, o faturamento do mercado em março alcançou surpreendentes US$ 536 milhões.

Versatilidade da Cannabis

Outro aspecto que torna o mercado da Cannabis uma excelente aposta é que ele é múltiplo e repleto de possibilidades. Afinal, a erva pode ser utilizada em diferentes frentes: itens gerais de consumo, tratamento de doenças e até aumento de performance física de atletas.

Além disso, hoje já é possível produzir plástico, papel e até tijolos a partir de uma espécie de Cannabis, o cânhamo (em inglês, hemp). O cânhamo é uma solução biodegradável, não poluente, não tóxica, durável e extremamente resistente. Segundo a Zion Market Research, o mercado pode alcançar US$ 20 bilhões em 2025.

Ou seja, a indústria da Cannabis tem se mostrado muito promissora e cobiçada, e empresas de diferentes setores – como universidades, importadoras, farmacêuticas, laboratórios e farmácias – já estão se preparando para atuar na área ou aumentar os seus serviços.

Notas de dólar convidam o cliente a investir em Cannabis

Por que investir em Cannabis?

O mercado de Cannabis está em constante crescimento, em especial nos Estados Unidos. Nos últimos anos, a erva assumiu um novo papel no mundo e uma onda de legalização começou a se espalhar. E esse é um caminho sem volta.

Por isso, investir em Cannabis é aproveitar um mercado em ascensão. Cada vez mais empresas estão apostando na erva, investindo em pesquisa e criando produtos inovadores. E, com isso, lucrando e impulsionando o mercado de Cannabis dos EUA.

Além disso, a indústria da Cannabis vai se beneficiar diretamente da eleição do democrata Joe Biden nos EUA, que já sinalizou uma crescente agenda regulatória no país. Com isso, espera-se que o mercado tenha crescimento exponencial nos próximos anos.

Investir em Cannabis com a Nomad

Hoje, o brasileiro já consegue diversificar a sua carteira de investimentos com a Cannabis por meio da carteira temática de Cannabis da Nomad, uma solução com gestão ativa, que investe 100% do capital diretamente no exterior. 

A carteira possui cerca de 15 ativos, entre ETFs e ações de empresas ligadas à produção, distribuição, venda e auxílio do mercado de Cannabis no mundo inteiro, principalmente nos mercados dos EUA e Canadá, por serem os maiores e mais promissores até agora. 

Isso inclui empresas de cultivo, farmacêuticas, tecnologia, imobiliárias, e-commerce, entre várias outras, sempre ligadas ao setor de Cannabis

Além disso, você investe com muito mais segurança, já que a Nomad possui um serviço exclusivo de inteligência artificial que faz a gestão do seu patrimônio e o rebalanceamento da carteira para assegurar as melhores combinações de ativos de acordo com o seu perfil.

Outro diferencial do investimento com a Nomad é a transparência da operação: você não precisa pagar mensalidade e nem outros custos escondidos, apenas uma taxa baixa de administração. 

Dessa forma, quem quiser investir em Cannabis com a Nomad pode aproveitar as oportunidades do mercado global de uma maneira ainda mais segura e prática. 

Se esse conteúdo foi útil para você, não deixe de ler também:

Be Nomad. Be global.

Leave a Reply

doze − 9 =