Veja 10 tópicos abordados por Warren Buffett e seus sócios da Berkshire Hathaway que são relevantes para todos os investidores.

A tarde deste sábado, 1º de maio, foi um dia em que milhares de pessoas ao redor do mundo pararam para ouvir dois dos maiores investidores da atualidade falarem para seus acionistas e curiosos do mercado financeiro.

Foram mais de 4 horas em que o simpático Warren Buffett, acompanhado de Charlie, Ajit e Greg (o provável substituto de Buffett na liderança da Berkshire Hathaway) responderam sobre os mais diversos temas.

Listamos abaixo 10 tópicos que entendemos como relevante para qualquer investidor:

1. Esperar pelo melhor, mas se preparar para cenários adversos

Investir é muito mais do que escolher as melhores opções, é preciso mensurar os riscos e calcular como você ficará exposto a eles. Buffett se autointitula o responsável por risco na Berkshire e diz:

“Nós esperamos ser bem-sucedidos enquanto nos asseguramos de que não dê tudo errado” – Warren Buffett

2. Esteja atento às tendências, mas as avalie com cuidado

Ao ser questionado por que não haviam respondido um questionário sobre ESG para um grupo de ativistas, Buffett foi categórico ao afirmar que o mundo está caminhando para energias renováveis e que as investidas da BRK já se comprometeram com essas metas há mais de 12 anos. Porém, afirmou que isso não quer dizer que a empresa deva mudar a sua estratégia do dia para a noite e deu o exemplo que, recentemente, eles investiram em uma empresa petrolífera porque acreditam que ainda dependeremos por muito tempo dos hidrocarbonetos e que essa fonte energética ainda continuará a oferecer muitos benefícios para a sociedade.

3. O investimento de longo prazo é mais complexo do que se pensa

É muito difícil identificar o vencedor de determinado setor mesmo que esse esteja na frente da corrida em certo momento da história. Buffett sugeriu que a audiência voltasse ao início dos anos 1900s e assumissem que já tivessem ciência de que o setor automobilístico apresentaria o crescimento que ocorreu. Sendo assim, seria necessário escolher uma empresa para investir. Citou até que alguém pudesse apostar na Morman. Uma empresa cujo carro foi o primeiro vencedor da Indy 500, em 1911. Hoje, ninguém conhece a história dessa empresa e, ao longo dos anos, mais de 2.000 empresas tentaram disputar nesse mercado. Em 2009, só sobraram três e duas pediram concordata.

4. Fique atento às métricas que verdadeiramente importam

Para ter o melhor resultado no longo prazo, não devemos ficar acompanhando as oscilações do mercado no curto prazo. Faz muito mais sentido olhar a operação como um todo. No caso de empresas maduras, faz mais sentido olhar a evolução de indicadores como faturamento e lucro operacional e não se basear no valor que o mercado diz que a companhia tem.

5. Foque na sua área de competência e no seu expertise

Ao falar sobre estratégias de investimentos de Fundos Quantitativos a resposta foi bem clara: não sabemos como ganhar dinheiro desta forma e não confiamos em ninguém para fazer isso para gente.

6. O mais importante é estar investido

A coisa mais importante é entrar no barco. Ficar investido. Segundo o oráculo de Omaha, você não deveria ter prejuízo no longo prazo se estiver exposto ao mercado acionários de uma forma diversificada.

7. O momento do mercado é complexo e não devemos negar

O nível de taxa de juros atual é algo que nunca foi visto. Recentemente, houve uma oferta de títulos públicos americanos de quatro semanas que rendeu zero aos investidores. Charlie explicou que “estamos vivendo um filme não muito comum e se você não está um pouco confuso, é porque você ainda não entendeu”.

8. Por enquanto a inflação parece não ser um problema

O mercado americano vem aceitando um acréscimo de preços que ele não está acostumado. A produção de insumos, assim como as redes de suprimento ainda estão desestruturadas, o que leva a um maior custo dos produtos. No entanto, o mercado vem aceitando os preços. Podemos subentender que a inflação deverá ser reduzida após a estruturação das cadeias, porém como colocado no ponto anterior, vale a cautela já que nunca vivemos momentos tão incertos.

9. Não tenha pressa ao investir

Buffett menciona que tem em caixa cerca de 10% do valor total da Berkshire – algo entre USD 60 e 70 bilhões – que gostaria de ter investido, mas ainda não achou as operações corretas. Comentou que o mercado está muito competitivo, o que leva, em muitos casos, a preços que não se justificam.

10. “Never Bet Against America” – Nunca aposte contra os Estados Unidos

Há 221 anos atrás, os EUA eram um país pouco significante, com menos de 0,5% da população global e hoje se tornou a economia mais relevante do mundo. Isso não ocorreu porque são mais inteligentes ou porque têm reservas de recursos naturais, mas porque o sistema funcionou de forma sensacional.

Inspirados nos temas apresentados pelo Warren, disponibilizamos para nossos investidores uma Carteira que pretende extrair o máximo do portfólio público de ativos da BRK. Com base no portfólio da Berkshire, montamos uma carteira com uma relação risco/retorno otimizada e disponibilizamos para você investir em um só clique! Ainda temos portfólios mais concentrados em setores específicos como Tecnologia e ESG.

Recado Importante

As informações aqui demonstradas não constituem, nem tampouco devem ser interpretadas como um conselho, recomendação, oferta e/ou solicitação para compra ou venda de ações, títulos, valores mobiliários e/ou de quaisquer outros instrumentos financeiros.

Leave a Reply

1 × 1 =