É provável que você já tenha ouvido falar sobre as vantagens de fazer aplicações financeiras fora do país, certo? Nos últimos anos, um número cada vez maior de brasileiros têm se interessado em saber sobre como investir no exterior.

Em meados de 2019, os brasileiros já detinham mais de US$ 529 bilhões em ativos fora do Brasil, entre ações, fundos de investimentos, imóveis, poupança, depósito em empresas, entre outras modalidades.

A razão para o crescimento constante desse número são as diversas vantagens de aplicar parte do patrimônio fora do país. Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar como investir no exterior e esclarecer todas as suas dúvidas sobre o assunto. Acompanhe!

3 principais vantagens de investir no exterior

Antes de entender como investir no exterior, é interessante conferir quais são os principais benefícios dessa modalidade:

1. Rentabilidade

Geralmente, fazer aplicações financeiras fora do país significa ter uma rentabilidade mais elevada. Isso porque o rendimento e a remuneração dos investimentos acontecem em uma moeda mais forte, o que faz com que os ganhos sejam potencializados em períodos de alta do dólar ou do euro, por exemplo. 

2. Diversificação

Investir no exterior é uma excelente opção para quem deseja diversificar a carteira de investimentos e diminuir os riscos de perda de patrimônio

Afinal, mesmo que o mercado brasileiro sofra uma baixa grave, o prejuízo será muito menor, já que parte dos ativos está fora do país. Além disso, a diversificação possibilita aos investidores aproveitar, simultaneamente, os benefícios de aplicações mais rentáveis (e arriscadas) e também de alternativas mais seguras. 

Vale lembrar que o número de opções de investimentos disponíveis no mercado financeiro norte-americano, por exemplo, é muito superior ao do Brasil, o que contribui para a diversificação. 

3. Segurança

A economia brasileira é volátil e pouco previsível, sendo permeada por crises de tempos em tempos. Isso faz com que os investidores que concentram todo o seu patrimônio em ativos nacionais fiquem reféns das oscilações de mercado e enfrentem riscos de perdas e oscilações em seus rendimentos.

Investir no exterior, por sua vez, é uma maneira de se proteger contra crises econômicas nacionais e ter o seu patrimônio em um país de economia mais estável, onde ele estará seguro e rendendo. 

O que considerar antes de investir no exterior morando no Brasil?

Várias cédulas de dinheiro espalhadas
 Aprender como investir no exterior é fundamental para quem deseja ter mais segurança em sua carteira de investimentos.

Ao fazer investimentos internacionais, é essencial levar em consideração alguns aspectos antes de tomar a decisão. Em primeiro lugar, é preciso se informar sobre a conjuntura econômica e política do país onde o investimento será feito. 

O recomendado é fazer aplicações em países mais estabilizados e com moeda forte, como os Estados Unidos.

O investidor também deve analisar com atenção as aplicações que pretende fazer, se atentando a questões como liquidez do ativo e taxas aplicáveis, para não ter prejuízos ou problemas caso precise fazer o resgate do valor investido.

Agora que você já conheceu as principais vantagens e sabe o que levar em conta ao realizar um investimento fora do país, confira como investir no exterior!

Como investir no exterior: conheça 5 formas!

Existem diferentes maneiras para fazer investimentos internacionais. Veja 5 das opções disponíveis no mercado:

1. COE

O Certificado de Operações Estruturadas é um produto financeiro vendido por bancos e corretoras brasileiras que funciona como uma espécie de pacote de ativos, misturando renda fixa e variável. O COE pode ser composto por ações internacionais e tem perdas e ganhos limitados.

2. ETF

Os Exchange Traded Funds são índices de ações internacionais negociados na B3, a bolsa de valores do Brasil. Esse ativo busca reproduzir a carteira de um determinado índice econômico e segue seu desempenho, sendo formado por um conjunto de ações e títulos.

3. BDR

Os Brazilian Depositary Receipts são títulos representativos de ações de empresas do exterior negociados na B3. Eles podem ser adquiridos a partir de instituições depositárias nacionais, que emitem os BDRs de forma local, e estão disponíveis apenas para investidores classificados como qualificados ou profissionais.

4. Fundos de investimento internacionais

Funcionam como uma carteira de investimentos compartilhada, em que pessoas podem comprar cotas de participação, e se diferenciam dos demais fundos brasileiros por serem compostos por ativos internacionais. 

5. Conta no exterior

Para quem se pergunta como investir no exterior da melhor forma, a resposta é: abrindo uma conta corrente fora do Brasil. Assim, o investidor não fica limitado às opções de aplicações internacionais disponibilizadas no país por bancos e corretoras, podendo investir diretamente em títulos e ações nas bolsas de valores americanas. 

Nesse caso, o investidor transfere para a sua conta internacional a quantia que deseja aplicar e pode adquirir os ativos em dólar a partir dela.

Como abrir uma conta no exterior

Pessoa segurando uma nota de dinheiro
Para além de aprender como investir no exterior, é essencial entender como funcionam esses investimentos internacionais e, então, usufruir das melhores opções que existem no mercado.

Agora que você já sabe como investir no exterior e conhece as opções existentes no mercado, acompanhe como abrir uma conta fora do Brasil.

O processo de abertura de uma conta internacional varia de acordo com os requisitos e a documentação exigida por cada instituição financeira. 

Os bancos tradicionais, geralmente, solicitam comprovante de residência no país da conta e documentos pessoais, sendo que algumas instituições também exigem um comprovante de renda e o pagamento de algumas tarifas de abertura.  

Já os bancos digitais têm um processo mais simplificado e ágil, que, na maioria das vezes, pode ser realizado pela internet. Quem mora no Brasil precisa ficar atento se a instituição escolhida aceita estrangeiros não residentes. 

Uma das melhores opções para os brasileiros é a conta da Nomad, uma conta corrente em dólar, baseada nos EUA, cujo processo de abertura é feito de forma totalmente digital, a partir do app.

Para se cadastrar, basta ser maior de 18 anos e apresentar comprovante de endereço válido no Brasil, número de telefone brasileiro e passaporte brasileiro dentro do prazo de validade, não sendo necessário pagar nenhuma taxa. 

Assim que o cadastro for aprovado, o cliente já pode começar a fazer as suas transações e usufruir dos diversos benefícios e serviços, controlando tudo pelo aplicativo.

Quer saber mais sobre como funciona uma conta em dólar? Clique aqui! 

Como enviar dinheiro para o exterior de forma segura

Para usufruir de todos os benefícios dos investimentos internacionais não basta somente saber como investir no exterior, é necessário descobrir a melhor maneira para enviar dinheiro para fora do Brasil e, então, começar a aplicá-lo. 

Veja quais são as principais formas de realizar esse tipo de transação com segurança:

  • Transferência bancária por ordem de pagamento: feita a partir de uma agência bancária no Brasil. O cliente deve ir ao banco em que tem uma conta e solicitar o envio de recursos. Após a confirmação, o dinheiro pode ser sacado na instituição bancária escolhida no exterior. Apesar da facilidade, envolve a cobrança de altas tarifas; 
  • Casas de câmbio: a transação é feita entre estabelecimentos de câmbio ou para bancos, podendo ser feita por boleto, dinheiro em espécie ou transferência bancária. É importante observar a cotação utilizada, já que muitas casas de câmbio utilizam a cotação turismo, mais custosa para o consumidor; 
  • Remessas Nomad: o serviço de envio de remessas da Nomad é feito a partir da própria conta Nomad do cliente nos EUA, bastando acessar o app para cotar o câmbio e reservá-lo, em seguida, fazer um TED para a conta com o valor desejado. Não é preciso pagar taxas pela transferência e a cotação utilizada é o dólar comercial, o que deixa a conversão final mais vantajosa para o cliente. 

Pronto, agora que você já sabe como investir no exterior, que tal conferir outros artigos interessantes? Acompanhe:

Acesse o site para abrir a sua conta Nomad e comece a desfrutar da segurança e da rentabilidade dos investimentos nos Estados Unidos. 

Be Nomad, Be Global

Leave a Reply

dois × 2 =