Segundo uma pesquisa realizada pela Capital Research em 2020, sete em cada dez brasileiros têm o desejo de fazer investimentos, mas 40% ainda escolhem a poupança como primeira opção para colocar o próprio patrimônio.

Apesar de o interesse em investir ter crescido entre a população ao longo dos últimos anos, muita gente ainda tem dúvidas na hora de escolher as aplicações mais adequadas para obter a melhor rentabilidade. 

Se você quer saber como fazer dinheiro render de verdade por meio de investimentos, acompanhe a leitura deste artigo até o final e veja as 8 dicas que selecionamos para te ajudar a elevar os seus rendimentos

A importância de investir

O número de pessoas interessadas em aprender como fazer dinheiro render tem aumentado a cada ano, em parte graças ao crescente espaço que esse assunto tem ganhado nas mídias digitais. Com mais acesso à informação, fica cada vez mais fácil perceber a importância de investir. 

Fazer investimentos deixou de ser visto como algo distante e tem passado a fazer parte da rotina de quem se preocupa em ter mais segurança financeira, garantir uma aposentadoria, estar preparado contra imprevistos, conquistar sonhos como compra de imóveis e viagens, ter uma renda passiva e assegurar uma independência futura.

8 dicas de como fazer dinheiro render

Confira como fazer dinheiro render e, então, consiga alcançar melhores resultados financeiros: 

1. Descubra o seu perfil de investidor

O perfil de investidor é uma classificação que considera a tolerância de cada pessoa a assumir riscos na hora de aplicar o dinheiro. É possível ser descrito como conservador, moderado ou agressivo. 

No geral, é recomendado que conservadores escolham aplicações mais previsíveis e seguras (renda fixa), enquanto os mais arrojados podem se arriscar em investimentos com menor grau de previsibilidade (renda variável). 

Várias moedas
Para aprender como fazer dinheiro render é essencial estudar sobre o mundo das finanças.

É importante encontrar o próprio perfil para ter mais clareza na hora de escolher as melhores aplicações e evitar decisões equivocadas que possam gerar insatisfação ou prejuízos.

2. Estude sobre o mercado financeiro

Antes de começar a aplicar o seu dinheiro, é essencial estudar sobre o funcionamento do mercado financeiro. Isso faz com que você tenha mais autonomia nas suas decisões sobre investimentos e não fique refém apenas de recomendações de gerentes de contas ou corretoras.

Além disso, conhecer os diferentes tipos de ativos e como eles operam é importante para fazer as escolhas mais adequadas para atingir os seus objetivos financeiros e se prevenir contra práticas que possam levar a prejuízos. 

Os cursos online podem ser uma boa alternativa

Atualmente, existem muitas opções disponíveis para quem quer aprender sobre o mercado financeiro sem sair de casa. Além dos tradicionais sites, livros e jornais, os cursos online também podem ser uma excelente escolha.

Afinal, esse formato é bastante didático e pode ser feito de acordo com o próprio ritmo do aluno. Para encontrar cursos online sobre investimentos, é possível fazer uma busca em sites como Udemy ou procurar por opções oferecidas por influenciadores desse nicho, como Nathalia Arcuri e Thiago Nigro. 

3. Se planeje

A terceira dica de como fazer dinheiro render é planejar-se. É essencial fazer um planejamento prévio a qualquer investimento, definindo qual será o valor aplicado, com que frequência e por qual meio

O ideal é se preparar também para acompanhar regularmente o status e os resultados dos seus investimentos, de forma a se assegurar de que tudo corra sempre da melhor maneira possível. 

4. Defina os seus objetivos financeiros

Antes de começar a investir, é preciso ter clareza sobre quais são os seus objetivos com aquela aplicação, de forma a escolher a que mais se adequa às suas necessidades. 

Papéis com gráficos
Estudar sobre como fazer dinheiro render antes de começar a investir é essencial para ter sucesso com a sua carteira.

Em primeiro lugar, é importante pensar no que motivou o interesse no investimento. Algumas razões comuns são comprar uma casa, fazer uma viagem, garantir a aposentadoria, fazer uma reserva para os filhos, ou mesmo apenas garantir estabilidade financeira. 

Essa informação deve ser levada em consideração para escolher o melhor investimento, se é de longo, médio ou curto prazo. Além disso, vai te ajudar a estabelecer uma meta financeira para definir quanto dinheiro será investido, periodicamente, e em quanto tempo o resultado poderá ser alcançado. 

5. Compare as inúmeras opções

Existem diversas alternativas no mercado financeiro para quem está pensando em como fazer dinheiro render, como ações na bolsa de valores, fundos de investimentos, títulos do Tesouro Nacional e letras de crédito.

Por isso, é importante analisar todas as opções disponíveis e comparar os riscos e a rentabilidade de cada uma delas, de forma a escolher a que melhor atende ao seu perfil de investidor e seus objetivos financeiros. 

6. Diversifique a sua carteira de investimentos

Diversificar o seu portfólio é uma estratégia para equilibrar os ganhos e perdas com investimentos. Assim, independentemente do seu perfil, é recomendado destinar uma parte dos seus recursos a aplicações de renda fixa e de maior liquidez, garantindo mais segurança e estabilidade. 

7. Fique atento às taxas cobradas em cada investimento

As tarifas envolvidas nos investimentos afetam diretamente a sua rentabilidade final. Por isso, é preciso estar atento a quais taxas podem incidir sobre as suas aplicações, sendo as principais:

  • Imposto sobre Operações Financeiras (IOF);
  • Imposto de Renda (IR);
  • Taxa de custódia da instituição financeira;
  • Taxas de liquidez, negociação ou aquisição; 
  • Taxas administrativas. 

Quer saber mais sobre o IOF? Clique aqui!

8. Invista no exterior e ganhe em dólar!

Vale saber que você não precisa restringir os seus investimentos ao mercado financeiro brasileiro. Atualmente, já é possível fazer aplicações em dólar sem sair de casa, investindo o seu dinheiro nos Estados Unidos por meio de procedimentos inteiramente digitais e seguros. 

Nota de um dólar
Antes de começar a investir é fundamental estudar formas de como fazer dinheiro render.

A opção de investir no exterior é uma alternativa para quem quer ter mais segurança contra as instabilidades da economia brasileira, além de obter uma rentabilidade superior em uma moeda mais valorizada.

As vantagens em investir no exterior

Veja quais são os principais benefícios de fazer investimentos internacionais:

  • Mais possibilidades de escolha: os EUA têm muito mais opções de ativos financeiros do que o Brasil;
  • Oportunidade de diversificar a carteira de investimentos: alocar parte dos recursos no exterior ajuda a diminuir os riscos de mercado e ainda possibilita aproveitar vantagens de aplicações mais rentáveis;
  • Moeda forte: ter uma parte do patrimônio em dólar é apostar em uma moeda que sempre terá expectativa de alta, e que pode rentabilizar até em uma simples variação cambial;
  • Diminuição de riscos: investir em uma economia mais estabilizada ajuda a reduzir os riscos de perdas que podem acontecer por problemas internos no Brasil, como inflação e crise política.

Quer saber mais sobre os benefícios de investir no exterior? Clique aqui!

Como investir nos EUA 

É possível investir nos EUA de duas maneiras: a primeira é fazer investimentos em fundos internacionais através do serviço de instituições financeiras que disponibilizem esse serviço. Essa alternativa é mais recomendada para quem não tem experiência prévia com investimentos nos EUA e quer começar com mais segurança. 

A segunda forma é transferindo dinheiro para o país por uma corretora ou banco americano. Após a compensação do valor, o cliente pode começar a fazer aplicações em dólar. 

A Nomad Global é uma das melhores opções para quem deseja fazer esse tipo de operação. É possível abrir a sua conta corrente digital e conta investimento, baseadas nos Estados Unidos, e operadas em dólares americanos diretamente pela internet e sem taxas de abertura e manutenção. 

Não se esqueça: com o aumento dos rendimentos os riscos também podem crescer

É importante saber que, quanto maior as possibilidades de remuneração de uma aplicação, maior tende a ser o risco envolvido. Dessa forma, se você está buscando como fazer dinheiro render mais, é preciso estar ciente de que os investimentos com juros mais atrativos são também os mais arriscados.

Por isso, busque identificar seu perfil de investidor e estudar qual é a sua tolerância ao risco antes de embarcar em novas operações financeiras. 

Pronto, agora você já sabe como fazer dinheiro render por meio de investimentos. Quer saber mais sobre as possibilidades de aplicações nos EUA com a Nomad? Acesse o site! 

Be Nomad, Be Global!

Leave a Reply

dezessete − quatro =