Durante o período de instabilidade que passamos, desde o primeiro semestre de 2020, você deve ter escutado ou lido sobre o “Circuit Breaker”.

Mas, afinal o que significa e para que serve o Circuit Breaker?  Acompanhe o conteúdo, confira isso e muito mais!

O que é Circuit Breaker?

O Circuit Breaker é conhecido como um procedimento operacional que acontece em momentos de instabilidade do mercado financeiro, sendo uma medida tomada no mundo todo. 

Quando ele ocorre, as negociações de ativos são interrompidas, passando por um congelamento. O Circuit Breaker  entra em vigor para proteger o investidor e o próprio mercado quando há uma queda significativa nas ações negociadas na Bolsa de Valores.

Muito se fala na bolsa, mas você realmente sabe o que ela é e como funciona? Confira, a seguir!

O que é a Bolsa de Valores?

Duas pessoas estudando o mercado
Além de saber para que serve o circuit breaker, é essencial aprender os temas que envolvem ele, como bolsa de valores.

Antes de aprender para que serve o circuit breaker, acompanhe o que é a Bolsa.

A Bolsa de valores, também conhecida como B3, é um espaço de negociações onde é possível vender e/ou comprar títulos. Esses títulos podem ser emitidos por instituições com capitais públicos, privados ou mistos.

O principal objetivo da bolsa é proporcionar um ambiente seguro e estruturado para os investidores negociarem. Ou seja, o propósito é garantir que ambas as partes (vendedores e compradores) realizem as transações de forma eficiente e fiquem satisfeitos.

Para que serve o Circuit Breaker e como ele funciona?

Como vimos anteriormente, o Circuit Breaker é um mecanismo que possui uma função importante de segurança. Mas, para que serve o Circuit Breaker?

Esse mecanismo, além de trabalhar em prol da redução da volatilidade do mercado financeiro, também possui o papel de restabelecer as ordens de compras e vendas

Na prática, quando surge um indício de uma possível crise é natural que as pessoas se assustem e comecem a vender suas ações, na tentativa de se antecipar ao cenário negativo. No entanto, isso acaba gerando uma grave consequência: a queda nos índices. 

Quando os índices caem e os demais investidores observam a queda, eles também irão querer vender as suas ações, o que pode virar uma “bola de neve”. Portanto, esse mecanismo foi criado para evitar uma queda livre que poderia colocar todos os negócios em risco. 

Um outro propósito do Circuit Breaker é paralisar as atividades do mercado por um período, a fim de evitar que uma negociação seja movida somente pelo medo da instabilidade ou por impulso.

Agora que você já sabe para que serve o circuit breaker, aprenda quanto tempo essa paralisação pode durar.

Quanto tempo dura o Circuit Breaker?

A duração do Circuit Breaker depende muito do percentual da queda nos índices da Bolsa. Quanto mais cair, maior será o período de paralisação, podendo chegar a ser paralisada por tempo indeterminado. 

Abaixo, vamos explicar um pouco mais sobre como as regras se aplicam nas quedas de 10%, 15% e 20%. Confira!

Regras do Circuit Breaker

Pessoa acompanhando os índices de variação da bolsa de valores pelo celular
Aprender para que serve o circuit breaker não é o suficiente para quem deseja investir de uma forma mais assertiva. É fundamental aprender as regras e minúcias que englobam esse tema.

Como você já aprendeu o que é e para que serve o circuit breaker, está na hora de ler sobre as regras que esse mecanismo apresenta.

Existem algumas regras bem simples quanto ao funcionamento do Circuit Breaker. Basicamente, elas estão ligadas à porcentagem de queda do Ibovespa (que é o indicador principal da Bolsa de Valores do Brasil).

A seguir, acompanhe as regras:  

Queda de 10% – fase I

A primeira fase é quando o Ibovespa apresenta uma queda de 10% sobre o montante do fechamento do dia anterior e é nela que acontece o primeiro Circuit Breaker.

Depois de ser acionado, todas as negociações da Bolsa são paralisadas por 30 (trinta) minutos.

Queda de 15% – fase II

Após essa primeira fase, a B3 permite a volta das negociações, aguardando a normalização dos índices do mercado. Caso o Ibovespa continue a cair e acumule uma porcentagem de queda de 15%, um segundo processo de Circuit Breaker entra em vigor.

Essa segunda paralisação nas negociações dura um total de 1 hora.

Queda de 20% – fase III

A terceira e última fase do Circuit Breaker ocorre se, após a Bolsa de Valores restabelecer as negociações, mesmo assim, o Ibovespa continuar caindo e chegar em um percentual de desvalorização de 20%.

Quando chega nessa porcentagem, a B3 suspende as atividades por um período indeterminado e fica responsável por definir um novo prazo para reabrir as negociações do mercado.  

Exceções para as 3 regras do circuit breaker

Você já conheceu as três situações em que podem ocorrer um Circuit Breaker, no entanto, existem 2 exceções para essas regras: 

  • Nos últimos 30 minutos de funcionamento do pregão da B3, as regras do Circuit Breaker não são aplicadas;

  • Caso ocorra uma paralisação na última hora do pregão, no dia seguinte, assim que o mercado reabrir, é possível realizar apenas uma nova parada de 30 minutos. 

Agora que você já sabe como funciona e para que serve o Circuit Breaker, confira o histórico das paralisações na Bolsa.

Histórico de Circuit Breaker na Bolsa de Valores

Gráfico representando a instabilidade dos índices das bolsas de valores
Sabendo para que serve o circuit breaker é possível entender profundamente as situações em que eles já ocorreram na história da B3.

Até aqui você aprendeu o que é, como funciona e para que serve o circuit breaker. Agora, acompanhe quais foram as paralisações feitas na história econômica brasileira. 

Desde o início de operações da Bolsa de Valores no Brasil, foram utilizados mecanismos de Circuit Breaker em 6 anos distintos. A seguir, confira o ano e o motivo da paralisação:

1997 

Em 1997, alguns países como a Coreia do Sul, Tailândia e Filipina registraram uma grave crise financeira que acabou refletindo em Bolsas do mundo inteiro, inclusive no Brasil, onde foi necessário realizar 3 paralisações, a fim de que as negociações voltassem ao normal.

1998

No ano seguinte, no mês de setembro, a Rússia foi afligida por uma crise financeira gigantesca, declarando até que não conseguiria saldar as suas dívidas internas e externas.

As consequências dessa crise foram sentidas em diversas economias do mundo. No Brasil, a Bolsa declarou a perda de US$30 bilhões. Por isso, o mecanismo Circuit Breaker foi acionado 5 vezes para tentar controlar os índices do mercado.

 1999 

No início de 1999, o real sofreu uma grande desvalorização fazendo com que o Banco Central tivesse que negociar dólares no mercado. Isso fez com que os cofres brasileiros ficassem com uma grande quantia da moeda americana, o que resultou na queda das ações da Bolsa.

Por conta disso, as negociações precisaram ser paralisadas 2 vezes neste ano. 

2008

Em 2008, ocorreu uma grave crise econômica mundial que começou pela falta de pagamento de dívidas entre os cidadãos americanos e os bancos. Como o Brasil tem a sua economia ligada à dos EUA, as consequências foram sentidas também na Bolsa de Valores brasileira.

Foram necessárias 6 paralisações neste ano. 

2017

As Bolsas do Brasil sofreram em 2017 por conta da delação do dono da JBS, ocasionando em mais uma queda significativa nos índices que necessitou de mais um circuit breaker.

2020

Já em 2020, a grave crise de saúde mundial com o coronavírus, somada a queda no preço do petróleo e ao corte das taxas de juros acarretou em mais uma queda que precisou ser controlada com uma outra paralisação.

Agora você já entendeu a importância desse mecanismo e os momentos em que foi necessário a ativação dele, coloque em prática todo o seu conhecimento do mercado financeiro e tome as melhores decisões.

Gostou de aprender como funciona e para que serve o Circuit Breaker? Então, confira também os artigos que indicamos abaixo:

Quer saber mais sobre nós? Nos acompanhe em nosso canal do Instagram NomadGlobalApp e fique por dentro de dicas e novidades para você explorar o mundo da sua maneira.

Be Nomad, Be Global

Leave a Reply

dois × 4 =