Não se preocupe! Existem diversos meios para se decidir, vamos te mostrar quais!

Quando vamos viajar para o exterior percebemos que tudo envolve muito planejamento. Uma das decisões mais difíceis é sobre como vamos levar o dinheiro que juntamos para a viagem.
Existem formas diferentes, com prós e contras, de levar seu dinheiro.
Aqui você vamos abordar as seguintes opções:
Papel Moeda
Cartão de Crédito Internacional
Cartão Pré Pago

Papel Moeda

No Brasil você pode sair com até dez mil reais em dinheiro de papel sem declarar. Além do IOF de 0,38%, a chance de gastar menos levando somente papel moeda é maior, pois você pode levar somente a quantia que pretende gastar. É uma das formas mais indicada para viagens de curta duração. É importante ressaltar que apesar de ter uma vantagem no IOF, o spread cambial praticado é, na maioria dos casos, maior que as outras opções disponíveis.

Além disso, andar com grandes quantias em dinheiro pode te expor a situações de risco, por isso os cuidados com a segurança devem ser redobrados. Outra desvantagem é que, em casos de roubos, perdas ou extravio não há nenhuma forma de recuperar a quantia perdida.

Cartão de Crédito Internacional

Num caso emergencial, ter um cartão de crédito internacional pode te salvar de diversas formas. Além de poder ser cancelado e emitido um novo em caso de perda ou roubo, ele proporciona maior segurança e pode ser utilizado como caução para aluguéis de carros e em reservas de hotéis.

Porém, é preciso estar atento às taxas cambiais no momento do fechamento da fatura e o IOF de 6,38%, para não ter surpresas desagradáveis quanto aos valores. Outro ponto a ser considerado, é o limite baixo para compras internacionais, por isso é importante conversar com o seu banco antes de levar seu cartão em uma viagem já que, além do limite baixo para comprar internacionalmente, o banco pode entender que seu cartão foi roubado e está sendo utilizado em outro país e, por isso, bloqueá-lo.

Cartão Pré-Pago

É um cartão que é carregado com a moeda de destino e funciona como um cartão de débito, porém com um valor pré-determinado disponível para gasto.
Entre suas vantagens estão a possibilidade de saques, a segurança de não portar papel moeda, planejamento e acompanhamento dos gastos.
Porém, taxas podem ser cobradas caso o cartão não seja utilizado, o IOF é de 6,38% na compra da moeda e saques também sofrem com taxas.

Conclusão

Como conclusão, a dica é sempre ter um pouco de cada forma de dinheiro para garantir uma viagem tranquila. Programar-se financeiramente é a receita mais acertada para que nenhuma surpresa desagradável aconteça, e conhecer as diversas formas de lidar com dinheiro numa viagem ao exterior é a melhor maneira de estar preparado.

Para conhecer mais sobre IOF, clique aqui.

Quer saber mais sobre nós? Nos siga no nosso canal do Instagram NomadGlobalApp e fique por dentro de dicas e novidades para você explorar o mundo da sua maneira.
Be Nomad, Be Global

Voltar ao início
Ir para Nomad Blog

Leave a Reply

vinte − 10 =